Carregando... Aguarde...
  • Imagem 1

Ponte sobre o Drina

R$ 74,00
SKU: 978-85-61578-89-3
Qtd
    Simule seu frete Calcular
    Compartilhe

     

    Em novembro de 1516, um comboio de meninos é levado de Víchegard, na Bósnia, para Istambul, como paga de sangue para o Sultão. Aboletados nas albardas penduradas nos cavalos, são levados para sempre com o intuito de, num mundo estrangeiro, serem circuncidados, transformados em turcos e, esquecendo a sua religião, sua terra e origem, passarem a vida nos pelotões dos janízaros ou numa outra função, mais alta, do Império. Cinco décadas depois, um desses meninos que atravessara o rio Drina torna-se o poderoso grão vizir Mehkmedpaxá Sokollu. Ele ordena que se construa, às suas expensas, uma ponte sobre o verde e caudaloso rio da cidade em que nasceu. 

    Em 1571, depois de cinco anos de trabalho duro, com vítimas, sacrifícios e injustiças, é concluída a vistosa ponte de pedra que liga o ocidente ao oriente. E a imponente ponte sobre o Drina, que dá nome a este livro, testemunha três séculos e meio da vida cotidiana dos habitantes de Víchegrad. Seus pequenos dramas, suas pequenas alegrias, suas tragédias. Gerações se reúnem, costumes se transformam lentamente, as religiões cristã e muçulmana dialogam e se confrontam, exércitos passam, pessoas são celebradas. Há epidemias, inundações, execuções, conspirações. Sonhos e esperanças vividos se transformam em memórias e tradição, e em um reino mítico. No final do século XIX as mudanças geopolíticas decididas longe dali transformam de maneira definitiva aquele vilarejo esquecido. Lotika, que dirige o hotel, enxerga a frondosa ponte da janela de seu escritório buscando um mundo que já não existe. 

    Ponte sobre o Drina, livro mais conhecido de Ivo Andri, Prêmio Nobel de Literatura de 1961, ganha tradução direta do sérvio de Aleksandar Jovanovi, que assinao posfácio.Digite a descrição do seu produto aqui

    Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!

    Escreva seu próprio comentário para o produto

    IVO ANDRIĆ nasceu em Travnik, na Bósnia, em 1892. Órfão de pai aos dois anos, passou a infância criado pela tia em Víchegrad, às margens do rio Drina. Em 1903, passa a viver com a mãe em Sáraievo. Em 1912, muda-se para Zagreb para cursar a universidade. Nessa época, adoece dos pulmões, prenúncio de uma saúde frágil que lhe acompanhará durante a vida. Identificado como inimigo do Império dos Habsburgos, é preso na Eslovênia em 1914, depois do assassinato de Francisco Ferdinando. Em março de 1915 vai para a prisão domiciliar, e em 1917, solto, retorna a Víchegrad. Terminada a guerra, em meio a mudanças geopolíticas na região, torna-se funcionário do governo. Em 1920, começa a trabalhar para o Ministério das Relações Exteriores e é enviado como diplomata para diversas cidades europeias, tornando-se fluente em mais de oito idiomas. Nessa época, Andrić tem publicados seus os primeiros livros.
    Durante a Segunda Guerra, exerce funções diplomáticas em Berlim. Andrić volta para Belgrado, e se afasta da vida pública durante a ocupação alemã. Na solidão de seu quarto escreve seus livros mais conhecidos, Ponte Sobre o Drina e Crônica de Travnik, ambos publicados em 1945, com repercussão mundial. É autor ainda de A senhorita, Quintal maldito, Café Titanic, dentre outros.
    Pacifista e humanista, tanto na obra quanto na vida pessoal, é laureado com o Prêmio Nobel de Literatura de 1961. Morre em março de 1975, aos 83 anos, num hospital de Belgrado.

    Assine nossa Newsletter

    Ver Carrinho Realizar Pagamento