Carregando... Aguarde...
  • Imagem 1

O Horlá

R$ 23,90
SKU: 9788561578619
Qtd
    Simule seu frete Calcular
    Compartilhe

    Um homem burguês que mora perto de Rouen, com vista para o rio Sena, narra na forma de um diário estranhos acontecimentos que lhe chamam a atenção. A garrafa dágua que se esvazia durante a noite, o sumiço do leite que não se lembra de ter bebido, a bizarra sensação de sentir uma presença que ele não enxerga. Angustiado, equilibrando-se entre o sobrenatural e a paranoia, entre a sanidade e a loucura que imagina que possa tê-lo acometido, o narrador passa definitivamente a crer na presença de um ser desconhecido quando vê, à luz do dia, um galho sendo quebrado e uma flor sendo arrancada, como que por dedos invisíveis. Esta edição apresenta pela primeira vez juntas em português as três versões da história. O Horlá de 1886 e o conto Carta de um louco de 1885 evidenciam o longo caminho de criação que o escritor percorreu até chegar à versão final, publicada em 1887, e que abre este volume. A presença de elementos fantásticos na obra de Maupassant é frequentemente relacionada à sífilis, contraída na juventude. O estado avançado da doença levou-o a alucinações constantes, sintoma que é concomitante à sua produção de narrativas fantásticas. Parece claro, porém, que conseguia períodos de plenitude em sua capacidade intelectual e criativa, como neste inovador precursor da ficção psicológica narrada em primeira pessoa.

    Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!

    Escreva seu próprio comentário para o produto

    Henri René Albert GUY DE MAUPASSANT nasceu em 1850 em Tourville-sur-Arques, França. Seus pais se divorciaram quando ele tinha 11 anos, e sua mãe, uma mulher culta com grande gosto pelos clássicos, foi para ele figura de grande influência. Por intermédio dela, ainda no tempo de colégio, conhece Gustave Flaubert, que o apadrinharia em sua carreira literária e o apresentaria a escritores como Ivan Turgenev e Émile Zola. Em 1870 alista-se como voluntário e serve como soldado na Guerra Franco-Prussiana. Em 1871, muda-se para Paris. Em 1880 publica seu primeiro conto, Boule de Suif (Bola de sebo), apontado como uma de suas obras-primas. Seu primeiro romance, Une Vie (Uma vida, 1883), vende vinte e cinco mil cópias em um ano. Nos dez anos seguintes publica grande parte de sua produção literária, dentre os quais os livros La Maison Tellier (A pensão Tellier,1881), Mademoiselle Fifi (1882) e Bel-Ami (1885). No final do século XIX, Maupassant era dos escritores mais lidos no mundo. Sua obra soma trezentos contos, seis romances, três livros de viagem e um de poesia. Seu gosto pela solidão o levou a viajar frequentemente para lugares como Argélia, Itália e Inglaterra, em seu iate batizado de Bel-ami. Contraiu sífilis ainda na juventude e o agravamento da doença levou-o a alucinações, paranóia e a uma tentativa de suicídio, em 1892. Considerado um dos maiores contistas de todos os tempos, morreu em um manicômio em 1893, perto de completar 43 anos.

    Assine nossa Newsletter

    Ver Carrinho Realizar Pagamento