Carregando... Aguarde...
  • Imagem 1

O diamante do tamanho do Ritz

R$ 23,90
SKU: 9788561578756
Qtd
    Simule seu frete Calcular
    Compartilhe

    De uma família abastada da pequena cidade de Hades, no Mississipi, John T. Unger, aos 16 anos, vai estudar na escola preparatória mais cara e exclusiva do mundo, a St. Midas, em Boston. Lá, convive com outros estudantes muito ricos, dentre os quais o recluso Percy Washington, com quem estabelece amizade em seu segundo ano na escola. John, que gosta de estar entre os super-ricos, aceita o convite para passar o verão na casa de Percy, no Oeste. Durante a viagem de trem, Percy revela ao amigo que seu pai é de longe o homem mais rico do mundo. Sua família possui uma montanha constituída de um único diamante, um diamante maior que o Hotel Ritz-Carlton de Nova York. Nessa espécie de conto de fadas sinistro e espirituoso, John se vê em um ambiente exuberante e fantasioso, fruto de uma riqueza extrema. Encanta-se por Kismine, irmã mais nova de Percy, e ela acidentalmente faz revelações que o deixam transtornado. Aos poucos John tem a compreensão do contraponto sombrio, também extremo, daquilo tudo. Vagamente inspirado por um verão que o autor passou, quando adolescente, trabalhando em um rancho em Montana, o diamante do tamanho do Ritz é o hino alucinatório de Fitzgerald para o Oeste americano e todas as suas promessas.

    f.-scott-fitzgerald.png

    Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!

    Escreva seu próprio comentário para o produto

    Francis Scott Fitzgerald nasceu em 24 de setembro de 1896, no estado Minnesota, nos Estados Unidos. Em 1917, deixou a Universidade de Princeton, sem se formar, e ingressou no
    exército. Nesse mesmo ano conheceu Zelda Sayre. Casou-se com ela em 1920, quando teve publicado seu primeiro romance, Este lado do paraíso, editado pelo lendário editor americano Max Perkins, da Scribner’s Sons. O livro foi um sucesso de vendas. Em 1921, nasceu sua única filha, Frances Scott Fitzgerald. A vida privada do casal Fitzgerald, de brigas sérias e intensas, era de certa maneira eclipsada pela vida pública agitada, repleta de um consumo pesado de bebidas alcoólicas e festas. F. Scott Fitzgerald e Zelda tornaram-se celebridades e ícones da juventude dos anos 1920, ou da “Geração perdida”, termo cunhado por Gertrude Stein. Em 1932, Zelda foi hospitalizada, iniciando uma rotina de internações em instituições psiquiátricas que se sucederia até sua morte em uma delas, em 1948. Em 1934, Fitzgerald lançou Suave é a noite, um fracasso de vendas. Com dificuldades
    financeiras, tentou a sorte como roteirista em Hollywood. Morreu de ataque cardíaco em 1940, empobrecido e esquecido. Entre seus livros estão Contos da Era do Jazz (1922) e O grande Gatsby (1925), considerado quase unanimemente pelos críticos como um dos melhores e mais importantes romances publicados no século XX.

    Assine nossa Newsletter

    Ver Carrinho Realizar Pagamento