Carregando... Aguarde...
  • Imagem 1

O capitão Mihális

R$ 69,80 (Você economiza R$ 13,90)
R$ 55,90
SKU: 9788561578275
Qtd
    Simule seu frete Calcular
    Compartilhe

    Publicado originalmente em 1953, e a única das obras primas do autor até agora inédita no Brasil, "O Capitão Mihális Liberdade ou morte" se passa na cidade de Megalo Kastro, em Creta, tendo como pano de fundo uma revolta dos cretenses que durou oito meses e foi sufocada pelo então dominador turco. Creta é, sobretudo, a personagem principal dessa epopeia. Suas ruas mediam os choques de costumes entre cristãos e islâmicos, e são testemunhas do dia a dia que vai da paz tensa à guerra. Por elas anda o feroz, irascível e taciturno Capitão Mihális, personagem inspirado no pai do autor, e seu homônimo. Figura singular, em constante luta para a libertação de Creta ao mesmo tempo em que se debate contra seus demônios interiores, Mihális inspira medo e admiração, e por vezes ódio, em todos à sua volta. Nessa realidade em que religião e luta impõem-se até entre as crianças, a amizade de juventude do devoto de São Minás com o muçulmano bei Nuri resulta num pacto de sangue que é a toda hora posto a prova. A cobiçada circassiana; o bravo Capitão Polixínguis que faz frente a Mihális; o alucinado místico muçulmano Efendina; a filha já adulta, que não pôde aparecer nas suas vistas do pai desde fez que 12 anos, são alguns dos personagens que compõem um magistral painel de histórias que transita entre o cruel e o cômico, entre o heroico e o alegórico, entre o grandioso e o prosaico.

    gr-zorbas-autor.jpg

     

     

    Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!

    Escreva seu próprio comentário para o produto

    Nikos Kazantzákis nasceu em 1883 na ilha de Creta, ainda sob domínio turco, e morreu na Alemanha em outubro de 1957. Estudou Direito na Universidade de Atenas e Filosofia na Universidade de Sorbonne, em Paris. Considerado o mais importante autor grego do século XX, é autor de romances como A última tentação de Cristo (1955), O Cristo Recrucificado (1954), O Capitão Michális (Liberdade ou Morte) (1953) e Testamento para El Greco (1961), entre outros. Escreveu, também, livros de viagem, ensaios filosóficos, poemas e peças de teatro. Em seu trabalho de tradução para o grego, destaca-se a Divina Comédia. Viveu boa parte de sua vida fora da Grécia. Foi, ainda, no final dos anos 1910, colaborador do governo de Eleftherios Venizelos, sendo nomeado Ministro da Previdência e Assistência Social.
    Vida e proezas de Aléxis Zorbás (1946) deu origem ao filme Zorba, o Grego (1964) de Michael Cacoyannis.

    Assine nossa Newsletter

    Ver Carrinho Realizar Pagamento