Carregando... Aguarde...
  • Imagem 1

O bosque das ilusões perdidas

R$ 49,00
SKU: 9788561578749
Qtd
    Simule seu frete Calcular
    Compartilhe

    "O bosque das ilusões perdidas", ou O Grande Meaulnes (Le Grand Meaulnes no original) foi publicado na França em 1913. Seu autor morreu precocemente, em setembro de 1914, como alferes em combate durante a Primeira Guerra Mundial. Alain-Fournier, que demorara oito anos para terminar seu único romance, muito provavelmente não imaginou que seu livro ganharia a chancela de clássico e seria um dos mais lidos e queridos pelos franceses, atravessando gerações e ganhando traduções e admiradores mundo afora. No final do século XIX, o pacato François Seurel, com seus quinze nos, narra a história que começa com a chegada de Augustin Meaulnes, um menino exuberante e alto (daí o Grande do título original) que veio morar em sua casa, na pequena cidade de Sante Agathe, e estudar na escola dirigida por seu pai. Mesmo com temperamentos muito diferentes, por vezes opostos, os dois garotos desenvolvem uma amizade leal e fraterna, em que se influenciam mutuamente. Onde um é prudência, o outro é ousadia. Certa manhã, o irrequieto Augustin Meaulnes se perde ao sair escondido de carruagem para buscar os tios de François na estação. Em suas tentativas frustradas de achar o caminho, ele chega a um lugar misterioso. Exausto, esgueira-se para um quarto e adormece. Quando desperta, está envolto em uma atmosfera de sonho, com pessoas fantasiadas, músicas, uma alegria que se espalha pela mansão.

    Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!

    Escreva seu próprio comentário para o produto

    Alain-Fournier, pseudônimo de Henri-Alban Fournier, nasceu em Chapelle-d’Angillon, interior da França, no dia 3 de outubro de 1886. Filho de professor, interrompeu definitivamente seus estudos em 1907 para ingressar no serviço militar, que duraria dois anos. Publicou alguns textos e poemas, trabalhou como crítico literário e como assessor de um político. De junho a outubro de 1913, O bosque das ilusões perdidas (Le Grand Meaulnes), seu único romance, saiu na Nouvelle Revue Française para em seguida ser publicado em livro. Incorporado a um regimento de infantaria, Fournier morreu atingido por uma bala na cabeça, segundo testemunhas, no dia 22 de setembro de 1914, numa operação de reconhecimento no bosque de Saint-Rémy, em Meuse. Declarado como morto oficialmente em 1920, o mistério envolvendo sua morte foi esclarecido apenas em 1991, quando seu corpo foi encontrado e identificado por historiadores.

    Assine nossa Newsletter

    Ver Carrinho Realizar Pagamento